Parcelas do Minha Casa Minha Vida: 3 coisas que você precisa saber

Parcelas do Minha Casa Minha Vida: 3 coisas que você precisa saber

O Minha Casa Minha Vida (MCMV) é o maior programa de acesso à moradia própria para pessoas de baixa renda no país.

Para realizar o sonho de fugir do aluguel, essa iniciativa disponibiliza diversos tipos de subsídios e financiamentos com a menor taxa de juros do mercado imobiliário. Atualmente, mais de 10 milhões de cidadãos cadastrados são beneficiados com essas condições.

Se você é um deles, ou está prestes a se inscrever, é importante saber como as parcelas do Minha Casa Minha Vida funcionam. Nesse post, vamos conhecer esse projeto um pouco melhor e esclarecer como os seus pagamentos são feitos. Acompanhe!

Modalidades e valores

O Minha Casa Minha Vida prevê diversas formas de atendimento, que variam de acordo com a renda mensal do beneficiado. Essa classificação é que definirá o valor das parcelas a serem pagas.

Dessa forma, são contemplados os seguintes critérios:

Faixa 1

Enquadram-se nesse grupo somente as famílias que possuem renda mensal de até R$ 1.8 mil. Nesse caso, o pagamento é feito em até 120 parcelas (o que equivale a 10 anos para quitação da dívida) de, no máximo, R$270 cada.

Faixa 1,5

Destinado para famílias que recebem até R$ 2.6 mil por mês, as prestações desse grupo variam de acordo com a análise de crédito. No geral, a partir dessa faixa, já é possível dividir o pagamento em até 360 parcelas (30 anos para quitação total da dívida).

Faixa 2

Esse grupo, destinado às famílias com renda mensal de até R$4 mil, também tem seus benefícios definidos a partir da análise de crédito. O valor máximo a ser financiado depende do valor da renda, de forma que o requerente sempre tem acesso a um desconto nas taxas cartoriais.

Faixa 3

Essa modalidade permite o acesso à casa própria com a utilização de recursos do FGTS, e contempla famílias com renda bruta mensal de até R$ 9 mil.

Independentemente da faixa de renda, é possível realizar o pagamento das parcelas do Minha Casa Minha Vida utilizando a Tabela SAC (sistema de amortização crescente), ou seja: pagar inicialmente as prestações de maior valor e reduzir os gastos ao longo do tempo.

Outra opção é a Tabela Price, na qual os preços das parcelas a serem pagas são fixas, e podem ser quitadas em até 360 meses (com exceção da faixa 1, que possui um limite de tempo menor).

Comprometimento de renda

Segundo o próprio Governo, as famílias com renda entre R$800 e R$1200 mensais não devem comprometer mais de 10% de sua renda com o pagamento dessas parcelas.

Para pessoas com salários entre R$ 1.200 e R$ 1.600, esse índice passa a ser de 15%, e para quem recebe valores entre R$ 1.600 e R$ 1.800, a prestação seria de até 20% do valor ganho em cada mês.

Em todas as faixas do programa, o comprometimento nunca pode ultrapassar 20% da renda familiar, e pode contar com até 36 meses de seguro-desemprego como auxílio no pagamento das prestações. Essa possibilidade garante segurança para quem foi demitido ou procura trabalho.

Juros

De acordo com as novas regras válidas para 2017, as parcelas do Minha Casa Minha Vida estão isentas de juros para os mutuários pertencentes à faixa 1, enquanto o grupo da faixa 1,5 pagará taxas de 5% ao ano.

Já os contemplados pelas faixas 2 e 3 do projeto deverão arcar com tarifas entre 5,5% a 7,16% anuais. Quanto mais alta for a renda familiar, mais caros serão os juros, que podem chegar a até 9,3%, dentro do mesmo período.

Por fim, lembre-se de sempre manter suas prestações pagas em dia. O atraso dessas parcelas pode ter consequências graves, como a perda definitiva do imóvel e até mesmo gerar impedimentos para realizar um outro financiamento imobiliário pelo mesmo programa.

Agora que você já sabe tudo sobre as parcelas do Minha Casa Minha Vida, compartilhe a sua experiência com esse projeto. Você já fez a sua inscrição? Já conseguiu um imóvel ou ainda está negociando? Deixe sua opinião sobre o programa nos comentários!

Gostou do texto?
Faça seu cadastro e receba todas as novidades do blog no seu email!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *