Opções de financiamento para o Minha Casa Minha Vida: quais são as melhores?

Opções de financiamento para o Minha Casa Minha Vida: quais são as melhores?

Realizar o sonho de ter o imóvel próprio é o anseio da maioria das pessoas que pagam aluguel. Porém, muitas vezes, para atingir essa realidade, existem entraves que acabam afastando essa realização — especialmente as altas taxas.

Mas há uma maneira de ter o imóvel próprio sem pagar juros absurdos: com o financiamento do Minha Casa Minha Vida. Quer saber como funciona esse programa?

Então continue sua leitura e conheça as opções de financiamento do Minha Casa Minha Vida!

O que é o programa Minha Casa Minha Vida?

O Minha Casa Minha Vida é um programa que foi criado em 2009 pelo Governo Federal com o intuito de subsidiar a aquisição do imóvel próprio para famílias carentes — ou seja, que tenham baixa renda.

Esse programa permite que os participantes tenham a oportunidade de sair do aluguel e reduzir os custos mensais, especialmente aqueles que recebem baixos salários. Existem duas maneiras para fazer a inscrição do Minha Casa Minha Vida:

  • renda mensal de até R$ 1800,00;
  • renda entre R$ 1800,00 e R$ 6500,00.

Além disso, é possível ingressar no programa com um parente próximo ou sozinho — neste último caso, é necessário que o participante seja casado no regime de separação total de bens.

Existem diversos critérios de prioridade para participar do Minha Casa Minha Vida, que podem variar de acordo com a instituição financiadora, mas são cruciais para garantir a permanência, além de ser de caráter excludente.

Vale ainda ressaltar: o programa Minha Casa Minha Vida possui regras específicas para o financiamento de imóveis, que variam de acordo com a situação do local e o preço. Propriedades cujo valor seja de até R$ 90 mil, por exemplo, somente podem ser financiadas em cidades com até 20 mil habitantes.

Quais as opções de financiamento do Minha Casa Minha Vida?

O financiamento do programa pode ser feito nos bancos públicos que pertencem ao governo federal: Banco do Brasil e Caixa Econômica Federal. Embora as opções pareçam ser iguais nos dois bancos, existem pequenas diferenças que podem ser cruciais para o sucesso do financiamento. Saiba quais são elas!

Banco do Brasil

O financiamento do Minha Casa Minha Vida no Banco do Brasil não exige que se tenha sido beneficiado anteriormente em outros programas de habitação, porém, o financiador não deve ter outro empréstimo em qualquer lugar do País.

É possível que o financiamento seja feito em até 360 meses ou 30 anos. Além disso, o Banco do Brasil oferece vantagens que não estão disponíveis na Caixa Econômica, como carência no pagamento da primeira parcela e um mês de bonificação no ano, sendo que neste não é necessário pagar a prestação.

Caixa Econômica Federal

O financiamento realizado pela Caixa possui a modalidade de habitação rural e urbana, com uma extensão para contemplar um grande número de pessoas. É o banco mais tradicional do programa Minha Casa Minha Vida, sendo que nele as prestações podem ser de até 420 meses ou 35 anos.

O financiamento na Caixa é realizado por meio de um acordo entre o Governo Estadual ou Municipal e uma construtora que é contratada para executar as obras. Todo o processo é acompanhado pelo banco, e o público-alvo do financiamento são famílias com renda bruta mensal de até R$ 1600,00.

O que considerar ao escolher a opção de financiamento do Minha Casa Minha Vida?

Ao considerar a possibilidade de realizar o financiamento do Minha Casa Minha Vida, é importante verificar quais as características de cada programa realizado pelo banco em questão — lembre-se de que nem sempre o que é feito por todos é o que mais se encaixa nas suas necessidades.

Tenha atenção especial às taxas de juros e vantagens ofertadas, pois essas são características que determinam qual será o valor total do financiamento realizado e devem ser avaliadas com cuidado antes da conclusão do contrato.

Gostou de conhecer mais sobre as opções de financiamento do Minha Casa Minha Vida? Quer conhecer mais sobre esse universo e não perder nenhuma novidade? Então assine já nossa newsletter!

Gostou do texto?
Faça seu cadastro e receba todas as novidades do blog no seu email!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *