Minha Casa Minha Vida: preciso limpar o nome para entrar no programa?

Minha Casa Minha Vida: preciso limpar o nome para entrar no programa?

A questão do “nome sujo” ou CPF negativado é sempre um impedimento na hora de conseguir empréstimos ou financiamentos. Mas quando se trata do programa Minha Casa Minha Vida, do governo federal, é preciso limpar o nome para se candidatar?

Antes de responder a esta pergunta, vamos entender o funcionamento do programa Minha Casa Minha Vida, o que significa e em que situações o popular “nome sujo” pode impedir alguém de ser contemplado com o financiamento do programa. Confira!

O que significa ter o “nome sujo”?

De forma bem resumida e simples, ter o “nome sujo” quer dizer que a pessoa deixou de cumprir um compromisso financeiro, ou seja, não pagou uma dívida em alguma loja, prestadora de serviço, banco ou financeira.

Dessa forma, a empresa credora repassa os dados do cliente para algum serviço de proteção ao crédito como o SPC ou Serasa e esses órgãos negativam o CPF da pessoa física. Esse ato torna o cidadão conhecido como mau pagador e por isso a expressão “nome sujo”.

Essa situação dificultará a concessão de crédito antes de limpar o nome, o que só é possível pagando a dívida ou esperando 5 anos a partir da negativação.

Preciso limpar o nome para entrar no programa Minha Casa Minha Vida?

Agora, vamos para pergunta chave desse artigo!

Considerando que o programa Minha Casa Minha Vida envolve concessão de crédito, é natural entender que é preciso limpar o nome para ser elegível. Porém, como toda a regra tem suas exceções, vamos analisar todos os casos e, em quais, o “nome sujo” não é considerado um impeditivo.

Quais são as faixas de renda do programa MCMV?

A questão da renda é sempre bastante debatida para que os interessados compreendam em qual faixa do programa se enquadram ou se possuem algum subsidio do governo na hora de pagar as prestações.

Para o nosso caso, essa informação é importante para entender em quais das faixas o “nome sujo” fará alguma diferença. Veja quais são elas:

  • Faixa 1: renda mensal de até R$ 1800,00 e subsidio de até 95%
  • Faixa 1,5: renda mensal entre R$ 1801,00 a R$ 2350,00 e subsídio de até 35%
  • Faixa 2: renda mensal entre R$ 2351,00 a R$ 3600,00, subsídio menor e prazo maior para o pagamento das parcelas
  • Faixa 3: renda mensal entre R$ 3601,00 a R$ 6500,00, subsídio menor e prazo maior para o pagamento das parcelas

Quando é preciso limpar o nome para participar do programa?

O ideal é manter uma boa relação com o comércios e bancos, controlar os gastos e pagar as dívidas em dia, pois as vantagens são inúmeras, além de ser considerado um bom pagador na praça.

Contudo, para participar do programa Minha Casa Minha vida, ao se enquadrar nas faixas 1 e 1,5 não há necessidade de ter o nome limpo, pois, nessas faixas de renda, o banco financiador não faz análise de risco de crédito.

Isso só é possível porque o governo subsidia boa parte do montante e, para esses casos, existe um interesse social em melhorar a qualidade de vida das pessoas que não teriam condição de adquirir a casa própria através de outras modalidades de financiamento.

Já, nas outras faixas de renda, o banco fará uma análise de risco de crédito e, caso constate alguma restrição, o financiamento será negado. Funciona igual a qualquer financiamento, pois o banco precisa saber se o interessado será capaz de cumprir com o que está contratando.

Então, a resposta é simples! Você só precisa saber em qual faixa de renda se enquadra e saberá se precisa limpar o nome para participar do programa Minha Casa Minha Vida. No entanto, é interessante negociar com os credores e limpar o nome para facilitar futuros negócios.

Conseguimos responder suas dúvidas sobre o programa Minha Casa Minha Vida? Lembrou de algo que não falamos aqui? Deixe um comentário no post e compartilhe seus conhecimentos!

Gostou do texto?
Faça seu cadastro e receba todas as novidades do blog no seu email!

4 respostas para “Minha Casa Minha Vida: preciso limpar o nome para entrar no programa?”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *