Minha Casa Minha Vida: entenda porque é a melhor opção para quem quer sair do aluguel

Minha Casa Minha Vida: entenda porque é a melhor opção para quem quer sair do aluguel

Realizar o sonho da casa própria é o sonho de muitos brasileiros. Felizmente, hoje é possível contar com incentivos e programas do governo que auxiliam famílias a comprarem casas populares a preços acessíveis e em condições de pagamento extremamente atrativas.

O Minha Casa Minha Vida, um programa do Governo Federal, é a melhor oportunidade para quem quer sair do aluguel e ter seu próprio imóvel.

Você sabe como ele funciona e quais são seus benefícios?

No artigo de hoje vamos falar sobre esse assunto, esclarecendo todas as dúvidas e te ajudando a entender o que precisa ser feito para dar entrada no processo e realizar o sonho da casa própria.

Continue a leitura.

O que é o programa Minha Casa Minha Vida e como ele funciona?

Criado em 2009 pelo Governo Federal, o programa Minha Casa Minha Vida ajuda diversas famílias que ainda não possuem sua casa própria, mas que sonham em sair do aluguel e começar a construir seu patrimônio.

De acordo com o IBGE, em 2008 o déficit habitacional do país era de aproximadamente 7,9 milhões de moradias. O programa veio para quebrar esse número e melhorar a qualidade de vida dos brasileiros.

Como não é de se surpreender, uma das maiores dificuldades para conquistar seu próprio imóvel é o investimento financeiro. Dessa forma, o Minha Casa Minha Vida permite facilitar o financiamento das moradias, ajudando milhares de pessoas a realizarem o sonho da casa própria.

Além disso, o programa também incentiva o setor de construção civil, uma área fundamental na economia e no desenvolvimento do país.

Sua proposta é, então, proporcionar condições favoráveis para que cada vez mais brasileiros tenham acesso à moradia, seja na cidade ou em zonas rurais. Para que esse processo seja possível, o Governo Federal melhorou as condições especiais de financiamento, através de algumas parcerias com municípios, estados, entidades sem fins lucrativos e empresas que ajudam no processo de construção desses empreendimentos.

O programa é excelente e muito bem visto, e já ajudou milhares de brasileiros a saírem do aluguel e realizar o sonho da casa própria.

No entanto, existem regras específicas para a adesão. Isso significa que nem todas as pessoas que se cadastram conseguem participar, uma vez que existem alguns critérios a serem avaliados.

Entendendo o subsídio habitacional

Um dos recursos oferecidos pelo Governo Federal é o subsídio habitacional. Ele auxilia na compra da casa própria pelas famílias de baixa renda.

O valor liberado para o subsídio pode ser usado para reduzir as parcelas restantes de um financiamento imobiliário feito pelo participante do programa Minha Casa Minha Vida.

Como funciona o subsídio habitacional?

Se você possui direito ao subsídio de R$25 mil e pretende financiar um imóvel no valor de R$125 mil, será preciso pagar apenas R$100 mil.

Os R$25 mil restantes serão quitados pelo próprio programa do Governo Federal, e você não precisará reembolsar esse valor, pois já é abatido no total do financiamento.

Dessa forma, o subsídio funciona como um bom desconto para a aquisição do primeiro imóvel. Vale a pena dizer que apenas algumas pessoas possuem direito à esse benefício.

Quem tem direito ao subsídio habitacional?

O direito ao subsídio habitacional é restrito. É preciso ter 18 anos de idade ou mais, ser cidadão brasileiro ou naturalizado e não possuir nenhum imóvel residencial próprio, finado ou quitado, em seu nome.

Também é necessário que o candidato não tenha sido atendido, em outras vezes, pelo programa Minha Casa Minha Vida ou por nenhum outro programa habitacional oferecido pelo Governo Federal.

Como determinar o valor de um subsídio?

O valor do subsídio varia de acordo com vários critérios. Alguns fatores são analisados para descobrir qual será o subsídio oferecido para cada cidadão.

Dentre esses fatores, são analisados: a renda familiar do participante; as condições como idade e preço do imóvel escolhido; a região do imóvel escolhido.

De forma simples, quanto menor for a renda bruta mensal da família do beneficiário, maior será o valor do desconto aprovado para a compra do imóvel em questão.

Hoje o Minha Casa Minha Vida contempla quatro faixas de renda para a participação do programa. Dessas quatro faixas, três delas possuem subsídio habitacional.

As três faixas com a possibilidade de subsídio, são:

  • Famílias que possuem renda de até R$1,8 mil reais mensais. Esse grupo paga parcelas que variam entre R$80 e R$270 reais mensais, por um período de no máximo 120 meses. Por isso, muitos beneficiários dessa faixa podem ter mais de 90% do valor do imóvel subsidiado.
  • Famílias que possuem renda de até R$2,6 mil reais mensais. Esse grupo pode financiar imóveis pela Caixa Econômica Federal com taxas de juros de 5% ao ano, tendo até 30 anos para pagar o imóvel. Para essa faixa, os subsídios podem chegar a R$47,5 mil reais.
  • Famílias que possuem renda de até R$4 mil reais mensais. Esse grupo pode financiar imóveis com condições e facilidades semelhantes ao grupo anterior, mas o valor do subsídio costuma ser menor: no máximo R$29 mil reais.

Como o subsídio é usado na compra de um imóvel?

O subsídio normalmente é utilizado para abater algumas parcelas do financiamento, seja para deixá-las em valores menores, mantendo o mesmo prazo, ou para mantê-las iguais, mas reduzindo o prazo de pagamento, uma vez que algumas parcelas serão adiantadas.

O valor da entrada do imóvel e as outras despesas da compra, como registro de imóvel no cartório, por exemplo, devem ficar a cargo dos compradores. O subsídio não pode ser usado para abater esses valores. Pensando nisso, é muito importante que o interessado procure uma construtora que ofereça condições mais interessantes para essas taxas. Algumas empresas permitem que a entrada seja dividida, facilitando a aquisição do comprador.

Muitas imobiliárias também permitem que o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) seja utilizado para abater o valor de entrada. Vale a pena ficar de olho em condições diferenciadas como essa.

Por que usar o subsídio é uma boa opção para pessoas que querem sair do aluguel?

O subsídio, quando aprovado, permite que o comprador gaste menos com o financiamento imobiliário, já que é possível reduzir o valor das parcelas ou a quantidade delas ao longo do tempo, com o valor disponibilizado pelo Governo Federal.

Como funciona a compra de apartamentos do Minha Casa Minha Vida?

O programa do Governo Federal já ajudou várias famílias a saírem do aluguel, e permanece incentivando a busca pela moradia por parte de outros interessados a realizar o sonho da casa própria. O Minha Casa Minha Vida.

O subsídio, como dito anteriormente, varia de acordo, principalmente, com a renda do interessado no programa. Dessa forma, quanto menor a renda mensal da família, maior é o subsídio concedido pelo Governo Federal. Existem subsídios não só para o desconto nos imóveis, como também em taxas de juros.

Quais são os benefícios do Minha Casa Minha Vida?

O que, afinal, torna os apartamentos do Minha Casa Minha Vida muito mais interessantes que os empreendimentos comuns?

A princípio, podemos ressaltar alguns benefícios marcantes, como o prazo estendido para pagamento do imóvel, juros mais baixos, subsídios generosos vindos do Governo Federal e até o uso do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Sem esses facilitadores, a aquisição dos imóveis não seria viável para grande parte da população.

Além disso, os apartamentos construídos com foco no programa são muito bem projetados, com foco na segurança e na comodidade dos moradores.

A Mobilidade de Crédito Associativa também é um grande facilitador na hora de conquistar o imóvel do Minha Casa Minha Vida. Essa é uma linha de crédito idealizada para o financiamento de imóveis ainda na planta, cuja entrega é garantida pela própria Caixa Econômica Federal.

Dessa forma, o compromisso do cliente é feito diretamente com a Caixa. Assim, qualquer imprevisto com a construtora não prejudicam o empreendimento.

Como são os apartamentos do Minha Casa Minha Vida?

Apesar dos baixos custos de venda, os imóveis do Minha Casa Minha Vida não deixam a desejar na qualidade e na segurança para os seus moradores: eles são construídos dentro de normas técnicas padrão para qualquer imóvel, o que além de dar ainda mais segurança, também garante a satisfação dos seus compradores.

Além da qualidade dos imóveis, em muitos casos também é possível que o proprietário personalize o imóvel do jeito que quiser (considerando acabamos e decoração), sempre respeitando e considerando os cuidados nas reformas e as normas de segurança.

O financiamento cabe no bolso de todos os interessados?

Um dos maiores diferenciais do Minha Casa Minha Vida são os prazos de pagamento de até 30 anos, com parcelas calculadas para não comprometerem mais que 30% da renda bruta mensal da família. Dessa forma, o financiamento não compromete o orçamento familiar.

Junto a isso, ainda temos os subsídios, um programa do Governo Federal para facilitar a aquisição do primeiro imóvel: o valor subsidiado pode chegar a R$47,5 mil reais abatidos no valor do empreendimento.

Além disso, o FGTS também pode ser utilizado na compra do imóvel, reduzindo ainda mais o valor a ser pago mensalmente. As taxas gerais e os juros oferecidos pela Caixa Econômica Federal também são os menores do mercado, se comparados a outros bancos e financeiras, tornando o financiamento pela Caixa a melhor opção.

Como o Minha Casa Minha Vida ajuda famílias de baixa renda a construírem um patrimônio

Quando uma família adquire um imóvel através do Minha Casa Minha Vida, ela está dando início a construção do seu patrimônio.

Para as famílias de baixa renda, juntar cerca de R$40 mil reais é uma tarefa impensável, o que dificulta a criação de um patrimônio familiar. Com o Minha Casa Minha Vida, a criação do patrimônio começa com a compra do imóvel, que pode ser dividido em até 30 anos. Isso permite a construção indireta do patrimônio, pois é a chance de muitos participantes de garantir um bem para a vida toda.

Construir um patrimônio ajuda a transformar a vida da população. Com a segurança de ter um imóvel, é possível redirecionar alguns gastos (como o aluguel) para investimentos como educação, a compra de um carro e até a reforma do seu espaço.

Como encontrar o imóvel ideal?

Agora que você já conhece todos os benefícios do Minha Casa Minha Vida, é hora de encontrar o imóvel ideal. É possível encontrar empreendimentos de diversos tamanhos, e o segredo está em encontrar aquela opção que se ajusta ao seu estilo de vida e aos seus planos futuros: você quer constituir uma família? Seus filhos já são mais velhos e estão saindo de casa? Tudo isso precisa ser avaliado para encontrar o imóvel ideal.

O que mais deve ser considerado:

  • tamanho do imóvel;
  • localização do imóvel;
  • como é a infraestrutura do imóvel?
  • é uma região segura?
  • é uma região com potencial de crescimento?
  • como são os valores de parcela?
  • praticidade: é perto de padarias, supermercados e farmácias?
  • existem linhas de ônibus próximas para facilitar o transporte?
  • o imóvel está em um condomínio?
  • para você, é interessante um condomínio com muitas opções de lazer?
  • você precisa de garagem?
  • para você, é melhor um imóvel pronto ou na planta?
  • se você precisa de um imóvel pronto para morar, qual é o prazo de mudança?
  • se você prefere um imóvel na planta, qual é o prazo de entrega?

Analisadas essas opções, é possível tomar uma decisão mais assertiva, garantindo a tranquilidade na escolha e na compra do seu primeiro imóvel.

Realizar o sonho da casa própria é o objetivo de muitos brasileiros. Felizmente, realizar esse objetivo tem ficado cada vez mais fácil, graças aos incentivos e facilitações do Governo Federal.

O Minha Casa Minha Vida, programa criado pelo Governo, está há mais de dez anos cumprindo o seu papel e tirando várias famílias do aluguel, auxiliando na criação de seu patrimônio e na realização desse sonho.

Se você pretende comprar um imóvel para sair do aluguel, considere o Minha Casa Minha Vida. O programa possui diversos facilitadores que irá te ajudar a construir uma nova vida, em um lugar para chamar de seu.

Gostou do texto?
Faça seu cadastro e receba todas as novidades do blog no seu email!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *