Confira essas 6 dicas se quiser juntar dinheiro para comprar seu apartamento

Confira essas 6 dicas se quiser juntar dinheiro para comprar seu apartamento

Ter um imóvel próprio é algo que está no topo da lista de metas de muitas pessoas. Conquistar o seu espaço e poder dar início à sua família são alguns dos benefícios dessa aquisição — sem contar a fuga do aluguel para quem sofre com essa cobrança mensal.

Porém, se planejar para comprar um apartamento pode ser uma tarefa difícil, principalmente se o orçamento está bagunçado. Para transformar o sonho em realidade, é preciso organizar as finanças. Mas como fazer isso?

Conheça a seguir 5 dicas para juntar dinheiro que possibilitarão a compra do apartamento próprio:

1. Organize o seu orçamento

O primeiro passo para começar a economizar é organizar o orçamento do casal. É hora de fazer uma planilha com todos os valores que entram e os gastos mensais.

Anote as contas que precisam ser pagas, como luz, telefone e TV a cabo, custos com supermercado, lazer e tudo que for usado.

Assim, é possível saber para onde os seus recursos estão indo e o que pode ser cortado. Em vez de pedir comida toda semana, que tal uma vez por mês? Cortando supérfluos e reduzindo certas despesas, sobra mais dinheiro ao final.

2. Evite compras por impulso

Um erro comum que pode comprometer o orçamento é comprar por impulso. É o caso de um passeio no shopping que logo vem acompanhado de várias sacolas — mesmo sem que as compras sejam fundamentais.

Olhou uma vitrine e gostou de algum item? Em vez de adquirir de cara, pense se aquilo é realmente necessário.

Levar algumas camisas somente porque estavam na liquidação pode custar recursos valiosos que poderiam te ajudar a comprar um apartamento.

3. Controle o cartão de crédito

O cartão de crédito dá a sensação falsa de poder de compra, já que o dinheiro gasto não sai do seu bolso naquele exato momento.

Mas quando a fatura chega, é uma surpresa desagradável notar que o limite inteiro foi usado e não há de onde tirar recursos para pagar.

Para guardar dinheiro, controle o uso do cartão de crédito. Caso tenha parcelas em aberto, procure quitar as dívidas e evite o nome sujo.

Deixe o cartão de crédito reservado apenas para emergências — ou para quando for mais vantajoso do que comprar à vista.

4. Tenha uma renda extra

Se as contas não fecham no final do mês e não sobra nada para ser guardado, como o desejo do imóvel próprio sairá do papel? Nesse caso, uma forma viável de juntar dinheiro é tendo uma renda extra.

Para tanto, procure uma atividade remunerada para as horas vagas. Fazer pequenos consertos em roupas, dar aulas particulares, vender doces e salgadinhos e revender produtos são apenas alguns exemplos.

Como esses recursos serão extras, eles podem ser guardados exclusivamente para comprar um apartamento.

5. Faça uma poupança

O valor economizado com as dicas anteriores pode ser guardado em uma poupança. Para melhorar, separe uma parte do orçamento para depositar, todo mês. Analise uma porcentagem realista e que possa ser destinada para esse tipo de conta.

É preciso se comprometer com esse valor e incluí-lo na planilha de orçamento, para que se torne um gasto fixo e que não pode ser usado em supérfluos.

6. Busque opções acessíveis

Reunir recursos para comprar um apartamento à vista normalmente leva tempo. Para encurtar o caminho, é possível buscar opções acessíveis, como financiamento imobiliário ou o programa Minha Casa Minha Vida.

Com o financiamento e mediante uma entrada, o imóvel é pago em parcelas que cabem no bolso. Já no programa Minha Casa Minha Vida, as taxas de juros são menores e proporcionais à renda. Ao final, você pagará ainda menos pelo imóvel do que em um financiamento tradicional.

Juntar dinheiro para comprar um apartamento pode parecer impossível. Mas ao adotar dicas de economia e guardar recursos de maneira inteligente, conquistar as chaves do imóvel próprio não será difícil. Além disso, ao optar por uma opção como o programa Minha Casa Minha Vida o tempo de espera será menor.

Gostou das nossas dicas? Leia também nosso post sobre as desvantagens de morar na casa dos sogros após o casamento e tenha mais um incentivo para começar a poupar agora mesmo!

Gostou do texto?
Faça seu cadastro e receba todas as novidades do blog no seu email!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *