Como saber se é um bairro seguro? Confira 4 dicas

Como saber se um bairro é seguro? Confira 4 dicas

A hora de se mudar de casa é muito complexa para boa parte das pessoas, pois quando vamos para um determinado lugar precisamos nos acostumar com o seu estilo de vida e as suas peculiaridades.

Ao escolher um apartamento, uma das maiores preocupações certamente se relaciona à escolha de um bairro seguro. A criminalidade é um problema comum em praticamente todas as regiões do país, e ninguém quer colocar a família e o patrimônio em risco.

Para fazer a melhor escolha, é fundamental seguir algumas dicas antes de formalizar uma proposta. Quer descobrir quais são elas? Então confira o conteúdo a seguir:

1. Visite o local várias vezes

O primeiro passo para saber se você está realmente em um bairro seguro é visitar o local em várias ocasiões. Diversas pessoas caem na tentação de comprar um imóvel indo apenas uma vez até a propriedade ou pior: confiam excessivamente nas fotos e no testemunho dos corretores. Fuja dessa cilada.

Tente ir até a região tanto quanto puder e de preferência em datas diferentes. É importante ver como as ruas ficam de dia e à noite, bem como nos finais de semana e feriados. Um bairro muito movimentado em horário comercial, por exemplo, pode virar um verdadeiro deserto depois que as lojas fecham.

2. Use a internet a seu favor

A internet pode ser uma grande aliada na hora de procurar um imóvel para investir. Você pode encontrar os mais variados tipos de informações online — se fizer uma busca adequada — e isso inclui dados que poderão indicar se os índices de criminalidade em uma região são muito elevados ou se realmente se trata de um bairro seguro para se viver.

Comece observando o IDH (Índice de Desenvolvimento Humano). Quanto mais alto ele for, menor tende a ser o número de crimes e melhor a qualidade de vida dos habitantes. Veja também jornais digitais sobre o local, em busca dos tipos de delitos mais comuns e também sobre a atuação da polícia nos problemas existentes.

3. Converse com porteiros e moradores

Ninguém conhece melhor um lugar do que os próprios moradores, não é verdade? Diante desse contexto, você pode buscar um papo descontraído com os seus prováveis futuros vizinhos e indagar sobre as questões mais problemáticas do local. Eles serão um forte indicador sobre a percepção de violência que as pessoas têm do bairro.

Os porteiros e demais profissionais, como seguranças e vigilantes noturnos, também podem dar dicas importantes. Eles já estão acostumados a tomar conta das propriedades e têm um conhecimento mais aprofundado sobre a ação de meliantes e criminosos no dia a dia das famílias dali.

4. Verifique se há comércio por perto

Por fim, a existência de uma rede de comércio ampla e consolidada pode ser um forte indicador de um bairro seguro. Lojas contribuem para a vigilância do local, tanto pela movimentação de pessoas que proporcionam, quanto pelos seus próprios sistemas de monitoramento, como câmeras de vigilância e alarmes.

Além disso, estabelecimentos 24 horas, por exemplo, são um excelente sinal. Eles garantem que sempre haverá algumas pessoas circulando e ajudam a dissuadir os criminosos de cometerem atos ilícitos nas imediações.

Seguindo essas dicas, você certamente achará um bairro seguro para comprar o seu apartamento. Antes de formalizar sua proposta, não deixe de conferir nossas dicas de finanças para comprar um imóvel!

Gostou do texto?
Faça seu cadastro e receba todas as novidades do blog no seu email!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *