Apartamento novo e apartamento usado: um comparativo

Apartamento novo e apartamento usado: um comparativo

Investir no mercado imobiliário é, quase sempre, uma excelente alternativa. Especialmente por conta dos sinais de recuperação que a economia brasileira vem dando, muita gente está pensando de novo em adquirir a casa própria. No entanto, a dúvida entre apartamento novo e apartamento usado continua sendo bastante comum.

São duas alternativas que apresentam vantagens bem interessantes, mas cada uma delas se adapta melhor a um perfil de comprador. Para escolher é preciso avaliar as próprias demandas e também as necessidades da família. Confira o conteúdo a seguir e veja o que é melhor para você!

Apartamento novo

Um apartamento novo é o sonho de muitas pessoas — e ele realmente tem muitos benefícios a oferecer. Em linhas gerais, são imóveis que estão em maior consonância com o estilo de vida moderno e isso se reflete não apenas na decoração, mas também no próprio projeto da planta e nas instalações da unidade e do prédio.

Um bom exemplo disso se dá na parte elétrica. Enquanto as construções mais antigas tinham menos pontos de tomada e um quadro de energia menos robusto, as mais recentes contam com cômodos mais adequados para receber o grande número de eletrodomésticos e eletrônicos utilizados por nós atualmente.

O mesmo princípio também vale para outros pontos: sistema hidráulico, piso, portas, janelas e muito mais. Também é comum que a área de lazer do condomínio seja mais completa, sobretudo em razão do crescimento da preocupação com a saúde e com o bem-estar, especialmente nos grandes centros urbanos.

Também não podemos deixar de falar sobre a facilidade no pagamento. Além de ser possível financiar no banco e em instituições tradicionais, as construtoras oferecem excelentes condições para imóveis na planta. É possível, por exemplo, dar uma entrada, parcelar e só pagar o saldo na entrega das chaves, com as finanças mais organizadas.

Apartamento usado

Um dos fatores que mais pesa na hora de decidir entre apartamento novo e apartamento usado é a localização. Nesse quesito, as unidades mais antigas acabam levando vantagem, pois embora não seja regra, elas normalmente foram construídas em uma época na qual havia uma quantidade muito maior de terrenos disponíveis nos melhores bairros.

Outro ponto relevante é que as plantas podem até ser menos funcionais, mas geralmente essas propriedades possuem metragens mais amplas, o que se reflete em cômodos mais espaçosos. É uma questão mesmo de perfil, pois enquanto uns preferem praticidade, outros gostam de ambientes maiores.

Também vale lembrar que, embora existam diversas modalidades e linhas de crédito, as instituições financeiras e os bancos estão bem habituados a conceder financiamentos para propriedades usadas. Dentro desse contexto, o comprador não costuma ter muita dificuldade em conseguir a aprovação.

Por fim, precisamos lembrar que a crise econômica acabou gerando grandes oportunidades. Muitos proprietários se endividaram e isso faz com que eles precisem de dinheiro vivo logo, o que é uma grande chance para quem tem um olhar mais atento — e pode conseguir negociações interessantes, muitas vezes por um valor abaixo do mercado.

Como vimos, o apartamento novo e apartamento usado apresentam suas vantagens. Já decidiu qual é o melhor para você? Gostou deste conteúdo? Então conheça 4 aspectos para se observar ao visitar um imóvel!

Gostou do texto?
Faça seu cadastro e receba todas as novidades do blog no seu email!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *