4 vantagens de comprar um imóvel com corretor de imóveis

4 vantagens de comprar um imóvel com corretor de imóveis

As negociações do mercado imobiliário envolvem uma série de detalhes importantes, tornando essa área um pouco complexa para leigos. Sabemos que o setor é forte no país e que oferece diversas oportunidades de investimento, mas, para fazer isso do jeito certo e proporcionar um resultado positivo, é fundamental contar com o auxílio de um corretor de imóveis.

Esse profissional é de grande valia, pois conhece todos os trâmites do ramo e pode contribuir para que o cliente consiga adquirir a melhor propriedade com o dinheiro que tem em caixa. Além disso, a sua contratação deve ser considerada como um investimento, visto que, além de deixar todo o processo de compra mais ágil, ele evita que o comprador se envolva em problemas.

Você deseja descobrir quais são as 8 maiores vantagens de comprar um imóvel com o auxílio de um profissional do ramo imobiliário? Então leia até o final o conteúdo a seguir!

1. Credibilidade

Antes de mais nada, é preciso que você esteja ciente de que a profissão de corretor de imóveis é uma das mais antigas do país e, devido à sua importância, tem uma legislação que a regulamenta. Dessa forma, é obrigatório às pessoas que fazem a intermediação imobiliária seguir essa lei, caso contrário, elas poderão ser punidas.

Para que a experiência de compra possa acontecer da melhor forma possível, não se deve pensar que esse profissional seja apenas um vendedor. É preciso considerá-lo como um consultor, que, devido à sua experiência de mercado e ao seu treinamento, consegue oferecer às partes envolvidas na negociação as melhores opções que atenderão aos seus interesses.

Devido a esses dois fatores é possível observar que uma negociação intermediada por um profissional da corretagem tem uma elevada credibilidade. Já que, devido à lei, ela precisa ocorrer da forma mais transparente possível, o que evita dúvidas e faz com que o comprador e o vendedor saibam exatamente sobre todos os termos do acordo. Assim, não ocorrem sustos ou possíveis problemas futuros.

Além disso, sempre que se começa uma negociação, existe uma tendência natural de que as partes envolvidas busquem para si melhores vantagens. Assim, para que o acordo possa acontecer de forma justa e que agrade a todos os envolvidos, é fundamental que ele seja intermediado por uma pessoa neutra a essa situação.

2. Correta avaliação do imóvel

Quando alguém coloca um imóvel à venda, é óbvio que essa pessoa deseja fechar o negócio recebendo o maior lucro possível. No entanto, é muito comum o proprietário não ter um bom conhecimento do mercado imobiliário, o que lhe cria uma expectativa errada do preço a ser cobrado pelo seu bem.

Por isso, é essencial que a negociação de compra e venda ocorra com a intermediação de um corretor. Afinal, esse profissional tem o conhecimento que lhe permite analisar todas as características do imóvel, permitindo determinar com precisão e de forma isenta o valor real da propriedade. Caso seja preciso, para que essa avaliação seja formalizada, é produzido um laudo que justifica o valor cobrado pelo bem.

Caso a negociação ocorra sem a intermediação de um profissional da corretagem, tanto o comprador quanto o vendedor poderão ser prejudicados. Enquanto o primeiro não terá a segurança de pagar um valor justo pelo imóvel, o segundo poderá ter prejuízos por pedir um montante baixo ou demorar para realizar a venda caso o preço esteja elevado.

De qualquer forma, mesmo que a avaliação seja feita verbalmente — uma vez que a produção do documento de Parecer Técnico de Avaliação Mercadológica gera custos e é recomendada em apenas alguns casos —, o corretor terá condições de auxiliar o seu cliente se o valor pedido pelo imóvel está de acordo ao que é normalmente praticado nesse cenário.

3. Economia de tempo

Sem nenhuma dúvida, uma das principais vantagens que fazem da ajuda de um corretor de imóveis seja muito bem-vinda é a economia de tempo. Atualmente, com a correria das grandes cidades e os horários extensos das jornadas de trabalho, é muito difícil que alguém possa se ausentar para ficar buscando casas ou apartamentos — e isso dá muito mais trabalho do que parece!

Ao conhecer as necessidades e expectativas do comprador, o profissional da área faz uma triagem do que há disponível no mercado, de forma a selecionar unidades que serão de seu interesse. Além disso, o corretor tem acesso a uma quantidade maior de ofertas, o que facilitará a busca pelo imóvel ideal.

Mesmo que exista uma certa indecisão por parte do cliente, o agente imobiliário o ajudará a definir quais são as características necessárias que a residência precisa ter para atendê-lo. Mesmo que a primeira unidade apresentada não o agrade, ele terá outras que o poderão satisfazê-lo.

Além de tudo isso, o corretor de imóveis cuida de todo o processo de compra, o que facilita a negociação e agiliza a assinatura do contrato. Durante a busca pela unidade ideal, esse profissional se preocupa em agendar as visitas de maneira a otimizar o tempo de seu cliente.

Outro ponto positivo de comprar um imóvel com uma assessoria profissional é a maior agilidade para fechar negócio. Quando alguém tenta vender um bem desse tipo por conta própria, nem sempre essa pessoa tem a disponibilidade necessária para fazer todo o processo de negociação, o que pode atrasar a conclusão do acordo. Nesse caso, o comprador deverá ter ciência que a transação não ocorrerá na celeridade esperada.

Dessa forma, ao contar com um agente imobiliário, o comprador não terá o seu tempo livres desperdiçado, pois ele apenas precisará ir às melhores propriedades, o que vai poupar horas preciosas de seu dia.

4. Amplo networking

Uma das principais vantagens de contar com a ajuda especializada de um corretor de imóveis é que ele tem um amplo networking no mercado. Isso quer dizer que, por meio dos seus contatos e conhecimentos, esse profissional pode ajudar a encontrar boas oportunidades de casas ou apartamentos que atendam exatamente às suas demandas.

Afinal, um bom profissional do mercado imobiliário deve ter uma ampla rede de contatos que lhe permitirá proporcionar aos seus clientes ótimas oportunidades de negócio. Mesmo que ele não tenha em seu portfólio a residência procurada, é possível que algum de seus parceiros consiga algo semelhante. Com isso, o comprador terá mais chances de encontrar o seu imóvel ideal.

Um fato bastante comum no mercado imobiliário é que as melhores unidades à venda, as quais têm bom preço e alguns diferenciais, não costumam ser anunciadas nos grandes portais imobiliários. Isso acontece porque elas são vendidas rapidamente, já que, logo após entrarem no mercado, o agente imobiliário já tem o comprador certo para ela.

Assim, quando alguém resolve se aventurar e começa a buscar por conta própria uma residência, não é raro que tenha que acabar se contentando com uma unidade que não a satisfaça completamente. Já com um corretor, essa situação tem menos chances de ocorrer. Uma vez que ele fará as ligações certas e contatará as pessoas adequadas para encontrar um imóvel que atenda o seu cliente.

5. Capacidade de negociação

Quando alguém decide adquirir um novo imóvel, é preciso estar ciente que, durante o processo compra, será preciso envolver em uma negociação. Contudo, todo acordo imobiliário envolve elevados valores financeiros, o que poderá acarretar em desentendimentos e desgastes entre as partes, devido à divergência de interesses ou por desconhecimento da realidade do mercado.

Para evitar problemas como esse, é essencial contar com o auxílio de um profissional do mercado imobiliário para intermediar a negociação. Assim, como o corretor trabalhará como um mediador, ele terá como principal objetivo fazer com que o acordo seja fechado de forma que todas as partes envolvidas saiam satisfeitas.

Apesar de o agente imobiliário ser um consultor do mercado imobiliário, para que ele tenha sucesso, é preciso que ele seja um ótimo vendedor. Assim, quem trabalha com esse tipo de situação precisa, necessariamente, desenvolver uma série de características, atributos e qualidades específicas, que contribuem para que seja possível obter os melhores resultados. Entre essas habilidades está a capacidade de negociação.

Afinal, durante o seu treinamento, o corretor aprende e desenvolve técnicas as quais trarão objetividade na conversa e permitirão que o acordo seja fechado mais rapidamente. Independentemente que a pessoa seja persuasiva ou um ótimo negociador, o profissional da corretagem sabe exatamente quais serão os pontos que ele deverá explorar para conseguir um valor de compra mais justo para o seu cliente.

Além disso, ele tem um amplo conhecimento do que acontece nesse segmento. Assim, esse profissional sabe quando um proprietário precisa vender com celeridade o seu bem ou quando uma unidade está há muito tempo no mercado, o que traz maior poder de barganha para sua compra.

6. Segurança na negociação

A compra de um imóvel é, para muitas pessoas, uma das aquisições mais importantes de sua vida, pois ela envolve a realização do sonho de ter uma casa própria. Assim, é comum ao comprador passar por todo o processo de aquisição com um enorme estresse emocional, o que as levam realizar escolhas que não foram embasadas racionalmente.

Diante disso, é comum ocorrer situações que poderão tirar a calma do aquisitor, podendo transformar essa conquista pessoal em uma grande decepção. Por isso, é preciso tomar vários cuidados quando se decide comprar um imóvel.

Caso contrário, é possível que o consumidor fique interessado por uma oferta irresistível e acabe sendo vítima de uma fraude. Outra possibilidade de problemas é o comprador encontrar um bom imóvel que não poderá ser negociado, seja devido a alguma pendência judicial, seja por estar atrelado a uma dívida.

Para evitar essas situações inconvenientes, é primordial contar com o auxílio de um corretor de imóveis para intermediar a compra. Assim, o seu cliente terá a certeza de que todos as ofertas analisadas são sérias e seguras, pois esse profissional já validou a situação de cada propriedade.

Outro ponto importante, o qual traz mais segurança para uma negociação imobiliária, é o fato de que a atividade profissional da corretagem é regulamentada por uma lei federal. Assim, caso um corretor omita qualquer informação de seu cliente ou aconteça algo errado, ele poderá ser civil ou criminalmente responsabilizado.

7. Conhecimento sobre a legislação e a documentação necessária

Uma característica importante do mercado imobiliário é a existência de uma legislação própria, a qual tende a ser complexa para pessoas que não tem familiaridade com o setor. Por isso, é comum existir casos de que uma compra ser cancelada devido a problemas com a documentação e erros de contrato, o que pode acarretar no desperdício de dinheiro e na perda do bem.

Por isso, para ganhar celeridade e evitar problemas, é recomendado que a compra ocorra por intermédio de um corretor. Já que, ele tem a experiência e o conhecimento necessário para solicitar, junto às partes envolvidas no negócio, toda a documentação necessária.

É preciso lembrar que a compra de uma residência envolve muita burocracia. Caso a pessoa realize a aquisição sem o suporte de um profissional, existe um sério risco de que erros ocorram, o que poderá causar atrasos em alguma etapa. O grande problema disso é, caso o comprador esteja financiando essa aquisição, perder algum prazo exigido pelo banco, o que poderá acarretar na perda da concessão do crédito.

Como o corretor de imóveis tem um amplo conhecimento sobre as questões burocráticas, ele sabe exatamente o que é necessário fazer e o momento certo para isso. Dessa forma, ele conseguirá auxiliar o seu cliente a levantar toda a documentação necessária para cada fase do processo, proporcionando mais segurança e agilidade na conclusão da negociação.

8. Respaldo jurídico

O corretor de imóveis proporciona um excelente respaldo jurídico para os seus clientes. Para que não haja nenhum problema, é esse profissional que ajuda na elaboração do “Instrumento Particular de Venda e Compra”, no qual constam os valores e todos os termos acordados na negociação.

Além disso, ele funciona até como testemunha legal do negócio. Em caso de problemas ou discordâncias entre as partes, o corretor entra com a sua palavra para garantir que tudo o que foi acordado seja efetivamente cumprido.

Dica extra: o que é preciso considerar na hora de contratar um corretor de imóvel?

Como é possível perceber, contar com o auxílio de um profissional do mercado imobiliário traz inúmeras vantagens para quem decidiu adquirir um imóvel. Já que, o suporte proporcionado por ele garante celeridade e segurança no processo de compra.

Todavia, para que essa experiência possa ser a melhor possível, é preciso ficar atento a alguns fatores antes de contratar um corretor de imóveis, os quais são:

Saiba o que se deve esperar de um corretor de imóveis

Ao contrário do que muitas pessoas acreditam, um corretor de imóveis é um profissional que é muito mais do que apenas um vendedor. Afinal, conforme já foi explicado, um especialista em corretagem tem como obrigação ajudar o seu cliente em todas as etapas do processo de compra.

Assim, o agente imobiliário atua como um consultor, o qual auxilia os seus clientes a fazer a melhor escolha. Para isso, ele procura por imóveis que se enquadrem no orçamento de seu consumidor e que consigam atender a todas as demandas e desejos que eles possam ter.

Além disso, esse profissional tem a obrigação de se preocupar com toda a documentação do imóvel, verificar a possibilidade de financiamento e realizar vistorias para identificar eventuais problemas.

Verifique se o profissional está credenciado no Creci

Conforme já foi explicado, a atuação de um corretor de imóveis é regulada por meio de uma legislação própria — Lei Federal nº 6530/1978. Por meio dela, fica explícito que todo profissional que atua na intermediação imobiliária deverá estar credenciado junto ao Conselho Federal de Corretores de Imóveis (Cofeci) e ao Conselho Regional de Corretores de Imóveis (Creci).

Para que isso seja possível, essa pessoa deverá ter concluído o curso de Técnico em Transações Imobiliárias (TTI). Assim, somente após a conclusão de seus estudos que o profissional conseguirá um registro no Creci, o que garante que esse indivíduo está dentro da lei.

Busque por profissional que atue em sua região

Para justificar o investimento de contratar um corretor de imóveis, é esperado que esse profissional tenha um amplo conhecimento sobre a área que se pretende comprar o bem. Já que, principalmente nos grandes centros urbanos, esse especialista não atua em toda a cidade.

Afinal, é esperado que um bom corretor auxilie o seu cliente a escolher um bom imóvel. Para isso, é preciso que se saiba os pontos de maior valorização, as faixas de preço usuais da área, as taxas de crescimento e os locais mais atrativos.

Procure referências

Sem nenhuma dúvida, uma das formas mais eficiente de ter certeza sobre a qualidade do serviço prestado por um profissional é, ao encontrar antigos clientes, procurar saber como foi a experiência. Com um corretor de imóveis não é diferente, já que, caso ele não seja experiente e confiável, com certeza existirão consumidores insatisfeitos.

Assim, para saber se compensa investir na contratação de um determinado agente imobiliário, será preciso pesquisar sobre sua atuação. Para isso, busque por antigos clientes, pesquise comentários nos canais da internet e analise as reclamações existentes no Procon e no Creci.

Como é possível perceber, é indiscutível o quanto é vantajoso poder contar com o suporte de um corretor de imóveis durante o processo de compra de sua próxima residência. Afinal, esse profissional lhe ajudará a fazer uma escolha melhor sobre qual unidade adquirir, além de proporcionar mais segurança e celeridade durante a negociação.

Que tal agora você dar um próximo passo em direção à sua tão sonhada casa própria? Para isso, que tal aprender um pouco mais sobre planejamento? Até a próxima!

Gostou do texto?
Faça seu cadastro e receba todas as novidades do blog no seu email!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *